quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

“Sapopemba” Moradora Andréia Lima e moradores da Rua Salvador de Mesquita no Jardim Ângela já não agüenta mais conviver com tanto lixo,baratas e ratos nas portas de suas casas.


Moradora da Rua Salvador de Mesquita no Jardim Ângela Zona Leste de São Paulo procurou o Presidente da Associação Estrela do Bairro o Senhor CAPOEIRA e o Blog Cobra Notícias para que ele os pudessem lhe socorrer, CAPOEIRA esteve no local e mais uma vez fez contato com a subprefeitura de Vila Prudente/Sapopemba pedido as providencias cábiveis.
segue abaixo trechos do e-mail enviado para o CAPOEIRA e para Blog Cobra Notícias.

Sou a moradora Andréia Lima da Rua Salvador de Mesquita, 175, e o nosso grande problema e o lixo que fica ao fundo da EMEI Danton Castilho Cabral e ao lado da futura Creche CEI Indireto Jardim Ângela aonde junto com a EMEI irá abrigar inúmeras crianças da região, pois bem o nosso grande problema e a enorme montanha de lixo que esta tomando toda a calçada e agora invadindo grande parte da rua.

Eu e vários outros moradores temos uma grande quantidade de pedindo feitos no órgão 156 para a limpeza da região, mais o que às vezes o que mais ou menos eles fazem é passar o caminhão do Cata Bagulho que para eles acreditam estar bom demais.

Já se passaram mais de 1 ano desde os primeiros protocolos e inúmeros pedidos de limpeza e até a data de hoje nada foi feito.

O local por abrigar essa montanha de lixo já foi alvo de incêndio vindo a ocasionar falta de energia no bairro e com isso a população ficou mais de uma semana sem iluminação, pois as chamas alcançaram a rede elétrica e pegou fogo em tudo.

O meu ultimo protocolo de pedido de limpeza da calçada foi dia 17 de janeiro e com este mesmo numero de protocolo liguei na Subprefeitura e falei com uma senhora chamada Sueli, que foi muito gentil, mais não resolveu nada, o numero de protocolo é 9719704 este é o meu, mais nessa mesma data existem outros 5 de outros moradores.

Quero lembrar que tentei todos os recursos possíveis para solucionar este problema, mais até agora não obtive resposta o único que ainda nos dá um amparo é o CAPOEIRA que sempre esta lutando pelas melhorias do bairro.

Será que o poder público não dá uma solução é porque esse lixão esta ao lado de uma favela? Pois bem O QUE QUEREMOS (FALO EM NOME DE TODOS OS MORADORES DA RUA E DE AMBOS OS LADOS, NÃO SÓ DO LADO DA COMUNIDADE) É UMA SOLUÇÃO.

Em outra oportunidade a calçada foi limpa porque NÓS MORADORES, PAGAMOS PARA FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA LIMPAR COM A MAQUINA, o que é vergonhoso demais.

Será que temos que apelar até para programas de televisão pra mostrar como isso está?

Já não suportamos mais os diversos insetos e roedores que invadem as nossas casas como ratos, baratas, moscas e aranhas que invadem nossas casas diuturna-mente?

Andréia Lima e moradores da Rua Salvador de Mesquita.

2 comentários:

Andréia Lima disse...

Ficou ótima a reportagem, espero que realmente surta o efeito que esperamos.
" A limpeza do lixo"
E sei que podemos contar com o valoroso apoio de vocês, do Estrela do Bairro e do Cobra Notícia.

Agradeço mais uma vez em meu nome e dos moradores.

Andreia Lima

Gegê disse...

Kd a mída que tanto se preocupa com as pessimas condições do povo porque já não puseram a boca no tromboner?

estou solidaria com esta população

Gegê