domingo, 28 de fevereiro de 2010

"Sapopemba" Um Tucano no Parque da integração Zilda Arns !!!


Seria uma mera coincidência o grafite com o desenho de um tucano no Parque da Integração Zilda Arns em Sapopemba?
Ou seria para o povo lembrar-se deles nas próximas Eleições, pois afinal de contas eles estão tão queimados com o povo que já não sabem mais o que fazer para poder ver se ficam bem na foto com a população.
Parece bobagem isso que o Blog Cobra Notícias esta relatando mais a meu ver não é!
Bom a foto esta ai agora, vocês tirem suas conclusões.
O desenho do bicho grafitado na parede da pista de malha do Parque Zilda Arns esta localizada ali quiser ver na Avenida Sapopemba na altura do número 8938.
Quero dizer que não tenho nada contra O Pássaro ai referido e sim com forma dissimulada como a coisa é feita.
Há os que dizem que o desenho é uma forma de coibir o eleitorado petista daquela região, onde eles sempre tiveram desempenhos pífios .

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O total abandono da Praça Princesa Isabel, zona central da Capital/SP.


O meu amigo e companheiro Dudu do Jaçanã me enviou esse e-mail que repasso para vocês leitores do Blog Cobra Notícias e que mostra a sua indiginação com o descaso da Praça Princesa Isabel no centro de São Paulo :
Boa noite, companheiro Cobra
Venho pedir para que vc post em seu blog esta materia abaixo, que escrevir sobre o abandono da Praça Princesa Isabel no centro da capital.
Dudu (PT-Jaçanã) Alexsandro de Almeida
Lixo, fezes, drogas, arvores sem poda, mato e escuridão.
Este é o atual cenário da Praça Princesa Isabel, aquela da famosa estátua do Duque de Caxias em seu cavalo, - localizada na capital paulista, zona central.
O local já foi ponto de visitação turística, e aos domingos funciona o Mercado das Artes, uma feira de insumos para artistas e artesãos (telas, tintas, molduras, argila etc.) e também de produtos artesanais acabados para o público em geral.
Mas hoje a praça serve de abrigo noturno para moradores de rua e usuários de drogas.
Como não há iluminação, a praça virou esconderijo para ladrões que cometem pequenos roubos com quem passa pelo local.
Aos domingos quando os expositores chegam para trabalhar encontram restos de papelão, de jornal e de cigarro, o mau cheiro que exala dos arbustos indicam que o mesmo está sendo utilizada como sanitários.
No último domingo 21/02/2010 estive na praça para adquirir alguns produtos e fiquei muito incomodado com a situação da praça. Conversando com os expositores pude verificar que os mesmos já pediram para a prefeitura melhorar a praça, mas o poder público nada faz.
Quem costuma passar pela Praça Princesa Isabel, seja nos dias da semana, ou finais de semana, pode acompanhar o estado de abando deste ponto turístico da cidade.
(Haja vista que ao longo da praça tem diversas placas da Porto Seguro anunciando que mantém e conserva esta a praça).
Alexsandro de Almeida
PRAÇA PRINCESA ISABEL :
Sua primitiva denominação foi a de "Campo Redondo" mas, também, conhecida como "Chácara Mauá", por ser propriedade do Barão e Visconde de Mauá e, depois, por "Chácara do Charpe".
No dia 28/11/1865, por proposta do vereador Malaquias Rogério de Salles Guerra, seu nome foi alterado para Praça dos Guaianazes". No "Campo Redondo", realizavam-se corridas de cavalo antes da inauguração de um hipódromo no bairro da Moóca.
Por volta de 1850, cogitou-se construir ali o primeiro cemitério público de São Paulo mas, essa idéia não foi levada adiante por que o local era muito úmido (em 1858 esse primeiro cemitério seria construído na Rua da Consolação).
Em 1879, as terras são vendidas ao alemão Frederico Glette que, entre 1882 e 1890, abriu diversas ruas no entorno como a Rua dos Protestantes, Triunfo, Andradas e Gusmões dentre outras, dando origem ao bairro de Campos Elíseos.
Sua atual denominação Praça Princesa Isabel, foi sugerida pelo vereador Henrique Queiroz na sessão da Câmara do dia 19/11/1921, dias depois do falecimento da Princesa (14/11/1921), ocorrido na França, no Castelo d´Eu.
Nessa mesma sessão, foi apresentado o Projeto de Lei nº 68 que foi assianado por todos os vereadores.
No dia 10/12/1921, esse mesmo projeto foi aprovado, dando origem à Lei nº 2.443 de 19/12/1921, promulgada pelo então Prefeito Firmiano de Moraes Pinto.
A Princesa Isabel, filha de D. Pedro II e de D. Teresa Cristina Maria, nasceu no Rio de Janeiro aos 29/07/1846.
No dia 29/07/1860, prestou no Senado o juramento de herdeira presuntiva da Coroa.
Casou-se com o Conde d´Eu aos 15/10/1864.
Por ocasião de viagens que o Imperador fez ao exterior, a Princesa Isabel assumiu o trono do Império por três vezes.
Nessa condição, em 1871, assinou a "Lei do Ventre Livre" e, em 1888, a chamada "Lei Áurea" que aboliu definitivamente a escravidão no Brasil.
 
Comentário Blog Cobra Notícias: É meu amigo Dudu essa é a política do governo Kassado acabar com São Paulo em tempo recorde, infelizmente é que todos nós acabamos pagando a fatura desse governo incompetente e higienista.
Mais daqui a pouco tem eleição novamente e é à hora do povo dar o troco nas urnas, quero acreditar que o que aconteceu com São Paulo de ter elegido esse senhor nunca mais acontecerá de novo, pois se mais um desses senhores de engenhos dos tempos dos coronéis ganharem novamente ai o povo vai estar f.....!!!!
E muito obrigado pelo texto e sempre que quiser desabafar e fazer denúncias conte com esse humilde blog .

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

"Sapopemba"Vereador João Antonio e Associação Estrela do Bairro contribuindo pela melhoria da cidade !!!

No dia de ontem 22/02/2010 o vereador João Antonio do PT /SP aprovou em primeira fase de discussão na Câmara Municipal de São Paulo, um projeto de lei que visa garantir o direito do consumidor de conferir se está comprando botijão de gás com o peso correspondente ao que se encontra escrito no exterior do produto.
Além da garantia de um direito, a intenção é coibir a distribuição de produtos com peso adulterado, conforme reportagens e denúncias de consumidores da cidade de São Paulo e de Sapopemba e em particular o senhor Valdeci um membro da Associação Estrela do Bairro que já alertava há algum tempo para isso que vinha acontecendo.
O presidente da Associação Estrela do Bairro o senhor José Amaro Capoeira foi quem levou a idéia do projeto até o vereador João Antonio para que ele estudasse o assunto e pudesse transformar isso em um projeto de lei, pois o morador Valdeci já não agüentava mais se roubado literalmente na hora de comprar o seu botijão de gás que deveria conter 13 kilos e na verdade só tinha 11 quilos e meio.
O projeto ainda passará por uma segunda votação na Câmara para ser enviado ao executivo, e só depois poderá virar lei na cidade.
O PROJETO - PL 25 /2008, do vereador João Antonio: obriga uso de balanças eletrônicas, com a especificação do peso de 13 quilos, nos estabelecimentos e veículos que comercializam botijão de gás residencial.
Comentário Blog Cobra Notícias: O VEREADOR JOÃO ANTONIO JÁ COMEÇOU O ANO MARCANDO UM VERDADEIRO GOL DE PLACA, POIS A POPULAÇÃO JÁ NÃO AGUENTA MAIS SE ROUBADA NA CARA DURA.
PARA O CONHECIMETO DO POVO ESSA PRATICA DE VENDER GATO POR LEBRE É MUITO EMPREGADA AQUI NA PERIFERIA DE SÃO PAULO.
MUITAS VEZES VOCÊ COMPRA UM BOTIJÃO DE GÁS DE 13 KILOS E NO MAXIMO SÓ TEM 11 KILOS E MEIO.
ESPERO QUE DEPOIS QUE O PROJETO SEJA APROVADO EM SEGUNDA VOTAÇÃO O PREFEITO KASSADO SANCIONE A LEI!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Imagem de Jesus Cristo chora mel em Sapopemba !!!

Uma imagem de Jesus Cristo pregada na parede de uma casa em Sapopemba (zona leste de SP) tem causado polêmica e atraído curiosos.
Pelo olho esquerdo da imagem está escorrendo mel desde anteontem, segundo o dono da escultura de gesso, o missionário Anderson Freitas, 22 anos.
"Eu sou muito religioso e sempre olho para a imagem.
Na quinta [anteontem], olhei e escorria um líquido.
Quando me aproximei, senti o cheiro do mel.
O professor de biologia e química da Unifesp Gabriel Cunha disse que o fenômeno é possível quimicamente.
"É aceitável por meio da condensação, quando a temperatura da superfície, no caso a parede, é diferente da temperatura da imagem. O calor pode derreter o gesso da imagem."
Ele não sabe explicar o cheiro de mel.
Mais de 30 fiéis incluindo moradores de outras regiões da capital-- visitaram a casa em Sapopemba (zona leste de SP) onde a imagem de gesso de Jesus Cristo, colada à parede do quarto de hóspedes, derrama mel pelos olhos há três dias,segundo Doralice da Silva Carvalho, 67 anos, proprietária da escultura e do imóvel.
Moradora do Imirim (zona norte de SP), Terezinha Conceição de Andrade, 61 anos, percorreu cerca de 20 km até Sapopemba, de ônibus e metrô, para ver a imagem.
"Deus está se manifestando", diz.
"Certa vez, o papa João Paulo 2º, quando perguntado sobre o que achava de imagens que choram, disse:'onde há lágrima, há vida'.
A reportagem do Jornal Agora provou o líquido que escorria no rosto de Jesus: o gosto e a consistência são de mel.
Fonte Jornal Agora/SP .

"Sapopemba" Pelc:Programa Esporte e Lazer da Cidade !!!!

Nesta semana dia 17/02/2010 em plena quarta feira de cinzas a Associação Estrela do Bairro em nome do seu Presidente José Amaro Capoeira e os alunos COBRA e EDIMILSON Participaram do 2° modulo de introdução do PELC: Programa Esporte e Lazer da Cidade do Ministério dos Esportes de Brasília do Governo Federal (LULA) ministrado pelos Professores Evandro e André.
Ai pensei ai que “saco” fazer esse curso vai ser aquela perca de tempo quebrei a fusa, pois os Professores deram uma verdadeira aula de aprendizado e cidadania de uma forma dinâmica e muito divertida ao meu ver como todo curso deveria ser .
A carga horária do curso era de 32 horas divididas em quatro dias correspondendo a oito horas diárias.
Às 8 horas diárias de aulas não correspondiam ao seu tempo de tão dinâmica e agradável eram as aulas, ou seja, passavam literalmente voando.
Nestes quatros dias de cursos o aprendizado foi muito grande e proveitoso, pois acredito que a partir do dia que começou o curso até o seu termino o aprendemos lições valiosíssimas.
O curso como eu disse em parágrafo anterior foi muito bom esclareceu inúmeras dúvidas criou diversas idéias e possibilidades de implementações para o melhoramento de novas oficinas.
O ponto negativo do curso ficou por conta de alguns alunos que não compareceram ao curso e falta de material necessário para o bom andamento dos trabalhos e mais algumas coisas ruins por parte de forças maiores que não cabe nesse momento comentar, O curso foi tudo de bom e só tenho a dizer que já estou morrendo de saudade da galera e dos professores.
Em nome do Núcleo Associação Estrela do Bairro agradeço aos Professores do PELC Evandro e André pelos seus trabalhos muito bem ministrados e que deus os ilumines e os acompanhem nessa estrada do conhecimento que eles fazem tão bem ,levando informações e conhecimento de uma forma muito legal e descontraída .
Segue Acima Algumas Fotos do Curso e a Entrega do Certificado.

AI QUE BOM SERIA!!! Justiça Eleitoral cassa mandato do Prefeito KASSADO e de sua Vice Alda Marco Antonio !!!!!!!!!!!

A Justiça Eleitoral cassou o mandato de Gilberto Kassab
Prefeito da Capital .
Advogados do prefeito devem entrar com recurso na manhã de segunda-feira, 22.
O juiz eleitoral Aloísio Sérgio Resende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral, de São Paulo, condenou o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e a vice, Alda Marco Antonio (PMDB) à perda do mandato conquistado na eleição de 2008 por entender que sua campanha recebeu doações ilegais.
A sentença, divulgada à imprensa no sábado, deve ser publicada apenas na terça-feira.
A decisão pode ser contestada; a sentença fica suspensa até que o recurso seja julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral (que é a instância superior a esse juiz).
O recurso é apresentado ("interposto", na linguagem jurídica) ao próprio juiz que deu a sentença.
A pena para quem recebe doações irregulares em campanha é a perda do mandato (caso a campanha seja vitoriosa) e a ineligibilidade por três anos.
O juiz eleitoral analisou processo aberto pelo promotor eleitoral de São Paulo, Maurício Lopes, que assumiu seu posto em 2009, após a eleição e a posse dos candidatos eleitos em 2008.
Na época, as contas de Kassab, Alda e dos vereadores já tinham sido julgadas e aprovadas.
Maurício Lopes pediu a reabertura do processo por entender que havia irregularidades não constatadas pelo seu antecessor.
Lopes entende (e o juiz de primeira instância concorda ao condenar os acusados) que, durante a campanha eleitoral, Kassab recebeu doações irregulares da Associação Imobiliária Brasileira (AIB), de companhias acionistas de empresas que prestam serviços públicos à Prefeitura e do Banco Itaú, que na época processava e mantinha a conta-salário do funcionalismo público municipal.
A soma dessas doações corresponde a cerca de R$ 10 milhões, cerca de 30% do total obtido durante a campanha eleitoral.
O promotor Maurício Lopes considera as doações irregulares e pede a cassação do mandato de todos os políticos que receberam doações dessas fontes, independentemente do montante recebido.
O juiz tem optado por condenar apenas aqueles que receberam doações que resultaram em mais do que 20% do total arrecadado em sua campanha, que nesse caso teriam praticado "abuso de poder econômico".
A medida tem sido criticada por criar uma espécie de “graduação de delitos” .

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Parabéns a Unidos de Santa Barbará Escola de Samba do amigo Presidente Nel Costa !!!

O Grêmio Recreativo, Cultural e Social Escola de Samba Unidos de Santa Bárbara, sediada no bairro de Itaim Paulista, foi a grande campeã do Grupo III do Carnaval paulistano de 2010.
O enredo trabalhou a fé e a natureza e foi muito aplaudido na avenida, trazendo alegria e festa a todos os membros desta que é uma das escolas de samba que mais crescem na Capital.
Sob o comando do presidente Nel Costa (foto) e da Cássia, a Santa Bárbara atrai cada vez mais a atenção da comunidade que faz o Carnaval paulistano.
Parabéns a todos que colaboraram para mais esta vitória.

Com a luta, a organização e a determinação que demonstram, o objetivo de chegar ao Grupo Especial está no horizonte.
Vamos torcer juntos!
Comentários Blog Cobra Notícias: Nel você e toda a sua comunidade estão de parabéns, isso é reconhecimento do verdadeiro trabalho que você vem desenvolvendo ao longo de todo esse tempo a frente dessa brilhante agremiação, eu só quero dizer que Sapopemba e em especial seu amigo Capoeira e Cobra sempre torce por você.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

KAOSSAB aproveita carnaval e demite funcionários que combatem o mosquito da dengue !!!

A Prefeitura de São Paulo anunciou a dispensa de 438 agentes de controle de zoonoses.
Os contratos de trabalho deles expiram no dia 14 de fevereiro.
Na prática, a cidade de São Paulo perderá de uma só vez 18% dos cerca de 2.400 homens e mulheres que integram seu exército de combate às larvas do mosquito da dengue.

E isso exatamente no verão, época de chuvas frequentes e temperaturas elevadas, em que é maior o risco de proliferação do mosquito Aedes aegypti, o vetor de transmissão da doença.
A prefeitura afirma em nota oficial que as dispensas não afetarão o controle da dengue (leia texto nesta página).

Até ontem, a cidade registrava seis casos de dengue em 2010.
No ano passado, foram 600.
Admitidos a título provisório em 2001, os agentes de controle de zoonoses de São Paulo viviam situação precária desde então.

Seus contratos tinham de ser renovados de tempos em tempos e eles dependiam da aprovação de lei municipal para serem efetivados -essa possibilidade só existia para agentes de zoonoses como eles e para agentes de saúde, desde que admitidos antes de 2006.
No final do ano passado, o secretário municipal de Saúde, Januário Montone, disse que realizaria todos os esforços possíveis para manter no serviço os agentes de zoonoses que trabalhavam pendurados em contratos provisórios.

Comentário Blog Cobra Notícias: Esse Prefeito Kaossab é um verdadeiro brincalhão não sei nem mesmo se consigo comentar um absurdo desses , deixo ai a minha indignação e fico no aguardo dos comentários de vocês sobre o que vocês acham disso .

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Sapopemba : Escadaria em Viela sobre o dominio de Ratos e Baratas !!!

Os problemas que acontecem em Sapopemba são inúmeros, falta de Saneamento Básico, Transporte de Péssima Qualidade, Praças em Total Abandono, Inúmeros Pontos de Descarte de Lixo, Feiras Livres que não respeitam Demarcações e Horários estabelecidos, etc.
Já não bastasse tudo isso que a região de Sapopemba é obrigada a conviver, os moradores do Jardim Planalto agora também são obrigados a lidar com Ratos e Baratas aos montes.
Os moradores da viela localizada na Rua Iamacaru procuraram a Associação Estrela do Bairro e o seu Presidente José Amaro Capoeira, pois estão totalmente desanimados com o descaso do poder público em relação a essa viela.
A Moradora Dona Marinez e a Dona Maria estavam indignadas com o monte de ratos que ficam no local por causa da sujeira que fica nessa escadaria, Dona Marines disse que o seu marido já fez inúmeras visitas a Subprefeitura de Vila Prudente/Sapopemba para a mesma tomar uma providencia e mandar dedetizar o local mais que nem isso é feito .
Eles mesmos acabaram fazendo algumas benfeitorias no local colocando Tijolinhos na Galeria de água que passa no meio da escada porque não agüentavam mais água escorrendo por toda a escada.
Foram inúmeros pedidos para a Sabesp e Prefeitura para que alguma coisa fosse feita no local mais até agora nada foi feito, outra reclamação dos moradores que moram na viela é que quando chove a água que desce ali é tão grande que acaba entrado em suas residências.
Outro problema é que os alunos usam essa viela para chegar à Escola Armando de Salles Oliveira no dia que não chove, pois em dia de chuva eles acabam tendo que dar uma imensa volta para chegar até a escola.
O Presidente da Associação Estrela do Bairro José Amaro Capoeira já fez contato com a Sabesp que ficou de vir ate o local fazer uma vistoria e resolver essa situação que vem acontecendo há anos.

video

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Novo Presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de São Paulo promete uma atuação mais próxima dos Diretórios Zonais!!!!!

Eleito com 17.564 votos (63%) no PED 2009, Antônio Donato assume hoje a presidência do Diretório Municipal do PT de São Paulo.
Exercerá o cargo pelos próximos três anos.
Em entrevista do PT Câmara SP, Donato – que cumpre o segundo mandato de vereador na Câmara Municipal paulistana – conta alguns de seus planos para o DM.
Ele quer trabalhar em conjunto com os Diretórios Zonais e uma das suas primeiras tarefas será montar um congresso de DZs para discutir a organização do partido e elaborar as prioridades de atuação na oposição às gestões Kassab na Prefeitura de São Paulo e Serra no governo estadual.
Donato também falou sobre o papel que o Diretório Municipal pode desempenhar na eleição presidencial e estadual de 2010.
“Demarcar que o projeto existente em São Paulo é o projeto que eles (PSDB e DEM) querem aplicar no Brasil aclara o debate político e isso pode permitir uma eleição polarizada.
Podemos crescer na cidade de São Paulo”, afirmou.
Leia a entrevista:
PT CÂMARA SP: Quais os projetos que o senhor pretende desenvolver à frente do Diretório Municipal do PT de São Paulo?
DONATO: Essa nova direção vai ter uma responsabilidade muito grande.
A primeira é ajudar na eleição da companheira Dilma à Presidência da República, numa cidade que tem o quarto eleitorado do país.
Nós só perdemos para o próprio estado de São Paulo, Minas Gerais e o estado do Rio de Janeiro.
A cidade de São Paulo tem 8,3 milhões de eleitores e o Rio Grande do Sul inteiro, por exemplo, tem 7,9 milhões de eleitores.
Ou seja, a cidade de São Paulo tem uma importância estratégica na eleição presidencial.
Por outro lado a cidade é o QG da oposição ao governo Lula, através da administração Kassab e do governo Serra.
Portanto, é uma batalha desigual, pelo uso da máquina e por outros recursos.
Também é aqui a sede dos grandes grupos de mídia, daqui se irradia a política para o Brasil e as posições mais conservadoras também partem daqui.
Portanto, a gente precisa ter muita organização, muita política, muita capacidade de intervenção para fazer uma boa disputa e colaborar na eleição presidencial e também na eleição para o governo de São Paulo, que é outra batalha absolutamente importante. Temos visto o fracasso dos tucanos em todas as áreas: a falência da educação, comprometendo gerações de jovens paulistas e paulistanos; na segurança pública os indicadores pioraram; e agora o problema das enchentes, mostrando a falência e a incapacidade de planejamento e de gestão dos tucanos.
Portanto, há a necessidade para o povo de São Paulo de que o PT e os aliados possam conquistar o governo paulista.
Essa é a primeira e principal tarefa esse ano, e para isso precisamos de um partido organizado.
É isso que queremos em conjunto com os Diretórios Zonais.
PT CÂMARA SP: E como será essa relação com os Diretórios Zonais? De que forma vai trabalhar com eles?
DONATO: Vai ser uma atuação bastante próxima, compartilhada.
Prova disso é a própria posse.
Estamos fazendo a posse conjunta do Diretório Municipal e também dos presidentes dos 35 zonais que deram quórum no PED.
Isso tem um simbolismo e mostra uma direção desta gestão, que é trabalhar muito em conjunto com os Zonais.
Na campanha eleitoral do PED apresentamos uma proposta que foi abraçada por todo mundo, por todas as correntes, que é um congresso das direções zonais.
Realizaremos esse congresso até o final de março, para estabelecer as prioridades de trabalho na cidade, nossa política de organização, a organização em relação à oposição ao governo do Kassab e do Serra, e nossa participação na campanha eleitoral de maneira organizada.
Estamos muito confiantes nesse trabalho cada vez mais estreito entre o Diretório Municipal e os Zonais.
PT CÂMARA SP: Os Zonais terão participação constante na atuação do partido?
DONATO: Constante nas tarefas e na elaboração partidária.
A gente quer fazer um grande pacto, isto é, definir para que lado nós vamos remar.
E remar todo mundo junto para o mesmo lado.
É evidente que tem Zonais com mais dificuldades, e que o Diretório Municipal precisa acompanhar mais de perto, e Zonais melhor estruturados.
O importante é que a gente tenha um eixo político comum, uma visão comum das tarefas e que em cada região a gente possa colocar o PT na rua.
No processo de debate do PED surgiu uma proposta de uma coordenação dos Diretórios Zonais do centro expandido da cidade, que é onde a gente enfrenta mais dificuldades e precisa de uma política própria.
Vamos ter que trabalhar com os Zonais numa compreensão política comum, mas evidentemente respeitando o território e a atuação de cada um, porque a cidade é diferenciada e isto tem um impacto também na vida partidária.
PT CÂMARA SP: E de que forma será a relação do DM com a Bancada do partido na Câmara Municipal?
DONATO: Da melhor maneira possível, até porque tudo indica que teremos três ou quatro vereadores integrando a direção municipal.
A Bancada tem sido muito parceira do Diretório, mas precisamos estreitar esses laços porque ela é a cara pública do partido.
É quem dá projeção e voz ao PT na maioria das vezes, porque tem acesso à mídia, ao plenário da Câmara, acesso à tribuna, e as propostas articuladas junto com a Bancada repercutem na sociedade.
Então é fundamental a gente ter um trabalho conjunto e também chamar a Bancada a opinar sobre os rumos do PT, a ajudar na organização partidária, porque são 11 mandatos partidários, que tem relação com a base partidária e podem contribuir muito, também, nessa organização do PT.
Temos a melhor expectativa possível de trabalhar conjuntamente para potencializar o trabalho da Bancada e a própria atuação do PT.
PT CÂMARA SP: Que avaliação o sr. faz da situação vivida na cidade de São Paulo hoje?
Como pretende desenvolver a oposição à gestão do DEM/PSDB na Prefeitura de São Paulo?
DONATO: Acho que estamos num momento triste para a cidade, porque está vindo à tona toda a farsa que foi apresentada na última eleição.
Se vendeu um prefeito administrador, competente, presente, e não é isso que acontece na cidade.
São Paulo está abandonada, sem rumo.
Você não vê uma estratégia clara para várias áreas como a educação, a saúde, o transporte, os serviços de manutenção.
Você vê apenas improviso e isso revela bem o caráter desse governo.
O PT tem que se apresentar como uma oposição firme, denunciando todas as mazelas do governo.
Nós temos experiência política-administrativa e capacidade de formular propostas para a cidade.
Precisamos estabelecer um diálogo com a população, apresentando a crítica, mas também apresentando qual o caminho correto que a cidade deve seguir em cada área.
Para isso temos experiência, acúmulo, e não temos medo do debate.
Se o debate for feito de verdade, e não através dos marqueteiros, temos muito a mostrar e a contribuir.
Precisamos mostrar todo o desmonte que foi feito em várias áreas por esta gestão e apontar a necessidade de em 2012 construirmos uma frente política ampla, com programa de governo claro, prioridades claras, e que possamos recuperar para o povo de São Paulo a administração da cidade.
Porque São Paulo não pode conviver com o caos diário que temos presenciado atualmente.
PT CÂMARA SP: Antes de 2012 tem 2010.
Qual a contribuição que o PT do município de São Paulo pode dar na disputa presidencial e, principalmente, na eleição estadual, em que o partido até hoje não venceu uma eleição?
DONATO: Podemos contribuir muito mobilizando, buscando voto, conversando com as pessoas, mas, principalmente, mostrando que existem dois projetos no país.
No estado, e na cidade de São Paulo em particular, isso é muito claro, porque o povo vivenciou uma experiência de governo com o PT, com a prefeita Marta – antes já havia vivenciado uma experiência com a prefeita Erundina, também do PT na época – e vivencia agora com a gestão Serra/Kassab.
E são nítidas as diferenças, o enfoque, as prioridades.
Demarcar que o projeto existente em São Paulo é o projeto que eles querem aplicar no Brasil aclara o debate político e isso pode permitir uma eleição polarizada.
Podemos crescer na cidade de São Paulo.
Crescer mostrando que em nível federal não podemos cometer o mesmo erro que aconteceu em São Paulo, perder a eleição e ver recuar várias políticas públicas construídas com muito esforço e com muito empenho e luta da população.
PT CÂMARA SP: E no plano estadual?
DONATO: Acho que no estado também.
Eu não sou daqueles que acham que a eleição estadual está perdida.
Na medida em que houver um debate de projetos políticos para o país, as nossas chances aumentam.
Toda tentativa dos tucanos é de esterilizar o debate, impedir o debate, transformá-lo num debate de personalidades, Serra contra Dilma, e não mostrar que existem dois projetos.
Se conseguirmos estabelecer essa pauta para a eleição tenho certeza que em São Paulo a tendência é de todos partidos que se colocarem nesse campo de oposição de crescerem muito.
Porque como eu disse, na hora em que você for discutir objetivamente segurança pública, saúde, educação, transporte ou infraestrutura urbana, os tucanos não têm o que mostrar.
Temos que deixar claro a existência de um estado com potencial imenso e com um governo que não tem criatividade, não tem uma política marcante.
O que o governo Serra fez? Continuou o rodoanel, com mais de 30% de recursos vindos do governo Lula, não limpou a calha do Tietê, jogou R$ 2 bilhões da obra de rebaixamento da calha no lixo.
Na segurança pública aumentaram os indicadores de roubos, latrocínios, homicídios e outras ocorrências.
Na educação a tragédia da progressão continuada e da não educação da nossa juventude.
Portanto, se esse debate for feito tenho certeza que o PT vai crescer, porque o PT tem propostas, experiência administrativa.
Já comandou as principais cidades do estado, mostrou que sabe administrar bem, e tem um governo federal absolutamente exitoso, que mostrou que o PT tem lado ao governar.
Governa para todos, mas sabe que os mais fracos é que precisam mais de governo.
A cidade de São Paulo em um terço do eleitorado do estado.
Queremos dar nossa contribuição politizando o debate, organizando e buscando os votos dos eleitores que moram aqui .
Fonte boletim dos vereadores do PT São Paulo .

Isso é a Cara do Governo SERRA/KASSAB Gás de Pimenta, Borrachada e o desrespeito com a população, Um Verdadeiro Retrocesso do Estado/Município!!!!!

Por: Suzana Vier e Jéssica Souza, Rede Brasil Atual .
Protesto de moradores do Jardim Pantanal termina com promessa de reunião na 6ª e conflito com PM
Início da manifestação foi marcado por confronto entre PM e moradores.

Policiais militares jogaram gás de pimenta em parlamentares, moradores e jornalistas .
A PM reprimiu moradores das áreas alagadas da zona leste de SP.
O deputado federal Carlos Zarattini (camisa branca e óculos) e o vereador Zelão foram alvo de gás pimenta,Uma comissão de moradores do Jardim Pantanal esteve reunida nesta segunda-feira(8)com o secretário de Relações Governamentais da Prefeitura de São Paulo, Antonio Carlos Rizeque Malufe.
Há exatos dois meses a região tem boa parte das ruas alagadas.
De acordo com um dos líderes dos moradores do Jardim Pantanal, Ronaldo Delfino de Souza, a reunião foi improdutiva.
"O secretário não tinha ideia do que está acontecendo nas áreas alagadas.
Ele imaginava que todos os problemas estivessem resolvidos, como assistência médica e habitação", disse.
Os moradores saíram da sede da prefeitura com o compromisso de uma nova reunião para esta sexta-feira (12),à tarde.
Antes, o senador Eduardo Suplicy (PT) adiantou aos moradores que o prefeito Gilberto Kassab (DEM) comprometeu-se a realizar duas audiências:Uma geral sobre as enchentes e outra específica com moradores do Jardim Helena,distrito mais atingido na zona leste da capital paulista.
O senador participou de inauguração de biblioteca no Carandiru com o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB),quando solicitou as audiências ao prefeito.
Suplicy foi o último político a chegar ao local e subiu para a reunião com um pote com água suja trazida pelos moradores.
Vários parlamentares já estavam no local.
Cerca de 500 pessoas participaram de um protesto em frente à sede da administração municipal.
Dentre as reivindicações, os moradores pediram o desassoreamento do rio Tietê, a abertura imediata das barragens e uma negociação sobre os problemas de habitação,já que parte dos moradores recusa o bolsa-alugel proposto pela prefeitura.
O Vereador Zelão mostrou o braço machucado por cassetetes,quando tentava entrar na prefeitura para reunião sobre áreas alagadas Moradores e parlamentares criticaram a ação de policiais militares que acompanhavam a manifestação.
"Se não me defendo com o braço, teria recebido várias cacetadas na cabeça", lamentou o vereador Zelão (PT).
O deputado Federal Carlos Zarattini(PT)foi atingido com gás de pimenta durante confronto entre a Polícia Militar e manifestantes
O deputado federal Ivan Valente(PSOL)prometeu denunciar a "postura agressiva da PM".
De acordo com o Tenente-Coronel Orlando Taveiros, comandante da área central da capital paulista, um pequeno grupo de manifestantes se exaltou e a Polícia Militar reagiu com "meios não letais para dissuadir o pico de desordem".
2 meses de alagamento
"O retrato é de agonia e vergonha,as pessoas estão sendo vítimas de um planejamento urbano criminoso", disse Valente que também participou da reunião.
Ele acredita que a situação dos bairros atingidos ainda deve piorar:"Depois de perder as casas, há ainda a leptospirose, que pode contaminar muita gente".
Para mostrar os problemas ocasionados com os alagamentos, algumas pessoas levaram potes de água suja e até cobras retiradas de suas casas.
De acordo com uma agente de saúde do local,há residências com ninhos de cobra.
"Quando a chuva chega, as cobras chegam junto.
Quando o sol esquenta, as cobras saem e oferecem risco aos moradores.
"De acordo com ela, o esgoto sai pelo vasos sanitários, torneiras e pias.
"Meu marido está doente e fica na casa dos amigos.
Só estou na minha casa alagada pois está havendo roubos",disse a moradora do Jardim São Martinho, Socorro Alexandre Reviario.
Há 10 anos no local,ela disse que não quer deixar sua casa.
"Espero que o prefeito tenha bom senso e faça doação de casas para as famílias."
Eunice Rosa da Silva, moradora da Chácara Três Meninas,também estava em frente à prefeitura.
Diz que enfrentou um alagamento com a água chegando perto de 1,60m. "Meus filhos estão correndo risco, por isso não tenho ido trabalhar.
Tenho medo que as águas subam e haja enchentes.
Na minha casa chegou até o pescoço", afirma.
O vereador Francisco Chagas(PT)defendeu a desapropriação de prédios no centro de São Paulo para transferência dos moradores atingidos por enchentes.
"Essa população precisa ser prontamente atendida.
Há prédios desocupados no centro.
A Prefeitura pode recorrer à desapropriações", exemplifica.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

"De Olho Na Várzea" 13 Anos de Cobra Futebol Clube !!!

Oi meus Amigos do Blog Cobra Notícias devido a inúmeros pedidos de Amigos e Torcedores do Cobra Futebol Clube a partir de agora todas as Segundas- Feiras haverão novidades sobre o Time que leva o Nome do Blog e que esta localizado no Jardim Ângela em Sapopemba sobre as suas atividades aos finais de semana, e um pouco sobre a sua História que já esta prestes a completar 13 ANOS DE VIDA ,espero que vocês curtam as postagens e sintam-se a vontade para tecer os Comentários que acharem necessários .
Peço aos Amigos e Torcedores do Cobra Futebol Clube que nos mandem fotos e qualquer artigo que tenha a ver com esse time que não passa um final de semana sem dar o ar da graça aos campos de barrão da região .
O nome dessas postagens que entrarão no ar todas as Segundas Feiras chamará: DE OLHO NA VÁRZEA.
Aos poucos vocês conhecerão Hinos, Histórias, Jogadores, Amigos, Patrocinadores que ajudarão esse Time chegar até onde já chegou.
Acompanhem algumas Fotos da partida do final do Ano onde há 13 Anos é feito o jogo entre Cobra Futebol Clube x Amigos do Cobra onde a velha guarda do Cobra Futebol Clube enfrenta o Time principal do Cobra e no final o resultado é cerveja até umas horas.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

"Sapopemba" Emef Armando de Salles Oliveira e o descaso com a Educação pública !!!!

Na Emef Armando de Salles Oliveira em Sapopemba estão acontecendo coisas que estão deixando os pais dos alunos indignados, que segundo eles partem da parte do diretor da escola.
Os pais dos alunos procuraram o diretor da escola para lhe comunicar que em frente o portão de entrada da escola existe uma boca de lobo que esta com a tampa quebrada, pois além da tampa estar quebrada a parte da guia dela também se encontra destruída podendo causar um acidente grave em algum aluno da escola.
Os pais dos alunos procuraram a Associação Estrela do Bairro e o seu Presidente José Amaro Capoeira para dizer que quando comunicaram o diretor sobre o assunto da boca de lobo o mesmo disse que da porta prá fora da escola não tem poder para fazer nada.
A indignação dos pais dos alunos e alunos e munícipes da região é a forma como o diretor respondeu ao assunto: Que foi não dando a menor importância ao caso.
A Associação Estrela do Bairro encaminhou a reclamação ao órgão SAC da Prefeitura de São Paulo relatando para se fazer a troca da tampa da boca de lobo quebrada e a parte da guia danificada, também junto do pedido de reparo da tampa foi relatado o descaso do diretor da instituição.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

KAOSSAB não satisfeito em acabar com os albergues agora corta verba da merenda das CRIANÇAS em abrigos !!!

Kassab reduz merenda de crianças carentes Adriana Ferraz do Agora
Cinco refeições por R$ 3,80.

Pelo cálculo da prefeitura, essa é a quantia necessária para garantir a alimentação diária de uma criança ou um adolescente órfãos ou em situação de risco que vive em abrigos mantidos por entidades sociais.
Desde 1º de janeiro, o município deixou de entregar a merenda nas unidades e informou que cada uma terá de passar o mês com uma verba de R$ 2.289.
Elas atendem, em média, 20 menores.
Comentário blog Cobra Notícias: Então como disse a prefeitura do qual o senhor Gilberto Kaossab é prefeito 3,80 é mais que suficiente para alimentar quem mesmo? A lembrei crianças carentes!!!! Conforme o momento de indignação que estou passando agora me recuso a continuar comentando esse assunto.
ISSO SÓ ME LEMBRA AQUELE PERSONAGEM DO CHICO ANYSIO O DEPUTADO JUSTO VERRISSIMO QUE DIZIA A SEGUINTE FRASE: EU QUERO É QUE POBRE SE E
XPLODA!!!!!

Governador José Serra finalmente resolverá os problemas da policia militar !!! Segundo ele é só mudar o nome da instituição !!!!!!!!!

A Polícia Militar de São Paulo vai mudar de nome.
Uma Proposta de Emenda Constitucional encaminhada pelo governador José Serra (PSDB) à Assembleia Legislativa volta a chamá-la de Força Pública.
Trata-se do título usado durante 67 anos pela corporação durante três períodos distintos da vida republicana – o último deles foi encerrado em 1970, quando o Exército, durante o regime militar, impôs o atual nome à instituição que surgira da fusão entre a antiga Força Pública e a então Guarda Civil do Estado.
A PEC de Serra deve ser publicada hoje no Diário Oficial.
Para a mudança ocorrer, os deputados estaduais têm de aprová-la por dois terços dos votos em dois turnos.
A proposta estava em estudo no comando da PM desde o ano passado. Ela havia sido encaminhada pelo comandante-geral, coronel Álvaro Batista Camilo, à Secretária da Segurança Pública em dezembro.
O secretário Antônio Ferreira Pinto concordou com a proposta e a enviou ao Palácio dos Bandeirantes.
Serra decidiu que a mudança era necessária, positiva e oportuna.
Para o governo, ela será uma forma de aproximar a polícia da população.

Não se trata de mera alteração de nome, mas de um item do processo de mudanças internas da corporação.
A Força Pública continuará sendo a polícia militar de São Paulo, conforme previsto pela Constituição Federal – esta determina que a segurança pública no País é divida entre polícias federal, militar e civil.
Será, no entanto, a primeira dessas corporações a retirar o termo “militar” de seu nome no País – no Rio Grande do Sul existe a Brigada Militar e todos os demais Estados têm polícias militares.
A necessidade de PEC para mudar o nome ocorre porque a Constituição do Estado de São Paulo determina que o nome seja Polícia Militar, o que não ocorre com a Constituição Federal.
“Não se quer mudar o nome para mudar a polícia”, disse o comandante-geral, Álvaro Batista Camilo, aos seus subordinados. Camilo e o subcomandante-geral,coronel Danilo Antão,enfrentaram resistências entre oficiais do Estado-Maior da corporação, que viam no resgate do antigo nome a lembrança de uma época em que a corporação era mais uma espécie de Exército estadual, como a Guarda Nacional nos Estados Unidos, do que uma polícia.
Também se ressentiam da ausência do termo “polícia”.
Os argumentos favoráveis à mudança, além do resgate histórico, era o fato de a Força Pública ser a designação dada pela Declaração dos Direitos do Homem de 1789 feita pela Revolução Francesa, que dizia que “a garantia dos direitos do homem e do cidadão necessita de uma força pública”.
TRADIÇÃO
Todas as datas comemorativas da PM e até mesmo seu hino mantêm ainda hoje a menção e a memória da antiga Força Pública, pois no processo de junção com a Guarda Civil prevaleceu na corporação a cultura da Força Pública – nunca um antigo membro da Guarda comandou a PM.
O alvo principal dessa mudança é a retirada da palavra militar do nome da polícia.
Ela é mais um passo no processo iniciado nos 1990 com as políticas de polícia comunitária e de defesa dos direitos humanos e pela mudança de vários setores da corporação, como o de inteligência, que trocou o foco de suas atividades, deixando de lado a guerra revolucionária para investir no combate à criminalidade em geral, principalmente a organizada.
Trata-se, para os oficiais, de um processo que levou ao abandono de uma visão de combate ao inimigo interno e defesa do Estado para a adoção de uma política de proteção da comunidade.
OS NOMES DA POLÍCIA
1831: Criada pelo regente Feijó e pelo brigadeiro Tobias de Aguiar a Guarda Municipal Permanente
1837: A guarda se transforma em Corpo Policial Permanente
1866: Com o engajamento do corpo policial na Guerra do
Paraguai, a polícia passa a ter o nome de Corpo Policial Provisório 1871: Com o fim da guerra, volta a ter “Permanente” no nome
1891: Após a proclamação da República, vira Força Pública
1901: Vira Força Policial
1905: A corporação volta a ter o nome Força Pública
1939: O interventor do
Estado Novo muda o nome
novamente para Força Policial
1947: Com o fim da ditadura de Vargas, retoma o nome de Força Pública
1970: O governo militar
impõe a fusão da Força com a Guarda Civil e a adoção do
nome Polícia Militar
HISTÓRIA
O resgate histórico de um nome é uma das justificativas para a proposta de emenda constitucional que muda o nome da PM.
Em sua história, o corpo policial paulista esteve presente em quase todas as guerras, revoluções e revoltas que envolveram o Brasil.
Durante a regência, ainda no Império, o corpo combateu na Guerra dos Farrapos.
Esteve presente na Guerra do Paraguai – seu efetivo participou da retirada de Laguna.
Com a República, a já então Força Pública foi usada na repressão à Revolta da Armada em 1893 e aos maragatos durante a Revolução Federalista.
Em 1897, os paulistas participaram com as forças federais da campanha contra Canudos e os jagunços de Antonio Conselheiro.
O século passado começou com os homens da Força envolvidos na repressão às revoltas da Vacina (1904) e da Chibata (1910).
Mas os maiores combates travados pelo corpo policial foram os da Revolução de 24 e da Revolução de 32.
Nesta última, ao lado de tropas do exército em São Paulo e voluntários paulistas, a Força Pública lutou contra a ditadura de Getúlio Vargas exigindo o fim do arbítrio e uma constituição para o País.
Em 1942, guardas civis, cuja corporação mais tarde se fundiria com a Força, formaram a companhia de Polícia do Exército da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que lutou na Itália entre 1944 e 1945 durante a 2ª Guerra Mundial – hoje o Exército dispõe de batalhões regulares da Polícia do Exército.
A última campanha militar da Força Pública foi a repressão, em 1970, à guerrilha do Ribeira, o campo de treinamento da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) chefiado pelo capitão Carlos Lamarca .
Comentário Blog Cobra Notícias :Isso é o que podia esperar do consórcio SERRA/KAOSSAB nenhuma solução para o que vem acontecendo com a esfera policial em são paulo.
Ou seja policiais maus pagos,sem armas adequadas para combater a criminalidade, sem munição para os seus arcabuzes pois o armamento das policias tanto civil como militar e dos tempos dos bandeirantes .
Isso sem falar em quanto que não custaria a mudança de farda pintura nas viaturas policiais emblemas,brasão e outra cositas mais .
Parabéns governador José Serra o senhor perdeu uma grande oportunidade de ficar de boca fechada .