segunda-feira, 18 de julho de 2011

Praça Cidade de Milão em Moema um verdadeiro Estupro com o Meio Ambiente e a Cidade segue pedindo Socorro.

Hoje recebi e-mail de um leitor do Blog Cobra Notícias que me deixou inconformado, aproveitei o e-mail e passei para o portal Terra aonde eles sempre vêm divulgando notícias de caráter participativo, o link da matéria do portal Terra esta ai e só clicar no link e comprovar a denúncia, aproveitem e veja a matéria na integra como ela chegou até o Blog Cobra Notícias, o Leitor do Blog prefere não se expor e sendo assim estarei preservando a fonte.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5248451-EI8139,00-vc+reporter+prefeitura+corta+arvores+em+praca+de+SP.html

Olá Bom Dia, Cobra Notícias.

Tenho uma denuncia.

Bom é uma opinião minha talvez não seja no seu ponto de vista?

Tem uma praça nos jardins aqui na cidade de São Paulo.

É a praça cidade de Milão, na vila nova Conceição ao lado do Parque do Ibirapuera.

A Prefeitura contratou uma empresa privada para o corte de arvores no local.

Neste domingo dia, 17/07/2011 foram cortadas 13 árvores entre elas estavam árvores sadias.

Sendo assim não havia motivo nenhum para sua derrubada.

No próximo domingo serão previsto o corte de 80 árvores sendo que todas são eucaliptos alguns com mais de 80 anos um patrimônio que está sendo cortado.

Elas estavam ali muito antes das casas e dos prédios.

Sua madeira por ser antiga é considerada nobre.

Creio que temos direito de impedir, pois estas árvores não são exclusivamente deles que moram em local nobre e acham que podem manipular a cidade ou as árvores como bem intendem.

Gostaria que isso fosse denunciado e que se possível também fizesse a denuncia para o IBAMA para que realmente se faça uma nova analise de quantas árvores possam ser derrubadas.

Um abraço.

Resposta da Prefeitura de São Paulo segundo o Portal Terra.

Pois bem segundo o Portal Terra se pronunciou da seguinte maneira.

A prefeitura da cidade de São Paulo retirou 11 árvores da Praça Cidade de Milão, em Moema, na zona sul da cidade, na tarde deste domingo.

O local, que passa por um processo de revitalização, fica ao lado do parque do Ibirapuera e é uma das maiores praças do município, com aproximadamente 22 mil metros quadrados.

As arvores corriam o risco de cair e foram removidas com autorização da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, baseado em um laudo emitido por um engenheiro agrônomo.

Ainda de acordo com a subprefeitura, os troncos em bom estado serão levados para o parque Anhanguera para serem reaproveitados.

Outras árvores nativas, próprias para espaços públicos, serão plantadas na praça.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!! Boa Noite, Cobra sem problemas.
Mas, no outro serão por volta de 80 árvores.
Ficou bem explicito mesmo eu tinha que fazer algo e vc foi a única alternativa.
Eu nasci naquela região e brincava naquele local e não tinha nada antes dos prédios agora querem retirar as árvores.
A contratada acho difícil enviar a madeira para outro local só se for vendida novamente a prefeitura.
Pois eles receberam oferta de vender mas a contratada recolheu tudo e o material é dela não mais da prefeitura acho que um contrato aí falando sobre este assunto.
Quero dizer que lá todas podem ser substituidas enquanto por toda cidade tem árvores quanto antiguas e estão totalmente mortas e não são cortadas esperam cais como caiu e aconteceu o blecaut lá estas não cairam é uma pena!!!

Luanda Goux disse...

Também sou de Moema. e uma testemunha a mais do desmatamento e falta de cuidado com a natureza. Para mim isso é uma vergonha. Basta com que já desmataram toda a região para colocar prédios, agora nem as praças têm salvação.